Cortes de Cima, Sauvignon Blanc 2016

Meus caros,

Uma viagem não muito tropical neste Cortes de Cima, Sauvignon Blanc 2016.

O aroma tem a parte mais desafiante deste vinho, aparece de forma intensa, com um primeiro impacto bem agradável seguido de uma leitura por camadas que revela tons que não anteciparíamos a um Sauvignon Blanc.

A “tropicalidade” neste vinho é quase inexistente, as componentes vegetais são o fio condutor do comportamento deste branco, tanto na apresentação ao nariz ,como na presença em boca. Tudo isto, a meu ver, oferece a este vinho um suporte gastronómico superior ao que teria se a fruta imperasse.

Aroma intenso, com boa presença de flores brancas seguido de toques de fruta tropical bastante neutros, mostra depois em plano de fundo um duo composto por tons herbáceos e vegetais. No corpo assume imediatamente laivos vegetais com presença bastante marcada, é macio de textura, concâvo de estrutura com laterais altas amparadas por uma acidez muito boa e centro médio. Desenvoltura sem erro e persistência final em níveis médios.


Castas: 100% Sauvignon Blanc

Categorias: Pólvoras, Vinho Branco

Prova

  • 7/10
    Aroma - 7/10
  • 6.3/10
    Corpo - 6.25/10
  • 6.8/10
    Acidez, Taninos, Final - 6.75/10
  • 6.5/10
    Análise Geral - 6.5/10
6.6/10

Suporte para avaliação

10 – Magnífico
9 – Excelente
8 – Muito Bom
7 – Acima da Média
6 – Bom
5 – Razoável
4 – Aceitável
3 – Básico

Sending
User Review
0/10 (0 votes)

Posts Relacionados