la Rosa, Reserva Tinto 2005

O último de uma caixa de três tintos la Rosa de 2005.



Mais do que uma grande e evidente diferença na performance deste tinto quando comparado com os outros dois, há nele um dano do tempo que nenhum dos outros mostrou.

Os três sempre estiveram guardados lado a lado e por isso nunca imaginei sequer que pudesse vir a acontecer o que aconteceu com este Reserva 2005.

Daqui levo uma enorme referência, o Cerejinha 2005, foi sem dúvida aquele que valeu a pena esticar até aqui, foi o único capaz de se colocar num patamar superior.

Aroma a mostrar de imediato um vinho já mastigado pelos anos, oxidação evidente e a esconder a maior parte dos restantes tons do conjunto. Corpo gasto, frouxo, moído pelo tempo, estrutura estreita, curta e baixa, vinho “amuado”, contraído.


Saúde,
Dr. Ribeiro

Categorias: Pólvoras, Vinho Tinto

Prova

  • 4/10
    Aroma - 4/10
  • 4.8/10
    Corpo - 4.75/10
  • 5.8/10
    Acidez, Taninos, Final - 5.75/10
  • 4.8/10
    Análise Geral - 4.75/10
4.8/10

Suporte para avaliação

10 – Magnífico
9 – Excelente
8 – Muito Bom
7 – Acima da Média
6 – Bom
5 – Razoável
4 – Aceitável
3 – Básico

Sending
User Review
0/10 (0 votes)

Posts Relacionados