ZOM, Garrafeira Tinto 2008

Mais uma lição sobre o controlo de expectativas, já dizia o outro, é só vinho.

Desta vez não correu bem, acidez volátil já em zonas desagradáveis e a tirar muita da vontade da prova. Ontem esperei por ele algumas horas, limpou qualquer coisa, mas não muito. Deixei-o para hoje, e o nariz mostrou os mesmos problemas, o corpo ganhou um pouco mais de serenidade e com ela veio também um pouco de harmonia, nas só um pouco mesmo.

Ainda assim, ontem e hoje, este tinto mostrou que não tem o suficiente para o que me custou.

Aroma com tons balsâmicos suportáveis e alguns tons de cola não suportáveis. Alguma fruta preta a par de toques florais e vegetais. O corpo ontem mostrou alguma dureza e estrutura curta, hoje acalmou mas a estrutura curta é a mesma. Equilíbrio sofrível.


Saúde,
Dr. Ribeiro

Categorias: Pólvoras, Vinho Tinto

Prova

Posts Relacionados